8 de abril de 2016
0
||||| 0 |||||
1086

Balanças de Banheiro com Medição de Índice de Gordura Corporal. Dá Para Confiar?

©wavebreakmedia/Shutterstock

Para quem leva a preparação física a sério, um dos números sempre analisados é o Índice de Gordura Corporal. Existem diferentes métodos para a sua medida, sendo alguns bastante complexos (e caros!) e outros mais simples, porém relativamente eficientes, como o caso do uso do adipômetro.

Todos os métodos, no entanto, necessitam do acompanhamento de um técnico que saiba não só aplicar o teste como ler os resultados… daí a ideia de algumas empresas trazerem ao mercado produtos (balanças) em que o próprio usuário possa fazer a medição. Afinal, nem todos que praticam atividades físicas estão matriculados, por exemplo, em uma academia, onde um profissional faça a leitura do índice.

As balanças usam uma tecnologia chamada Análise de Impedância Bioelétrica (BIA, em inglês) que nada mais é do que uma corrente elétrica baixíssima, emitida a partir de um dos eletrodos da balança. Esta corrente, ao “caminhar” pelo corpo, sofre maior ou menor resistência, dependendo do material que encontra pelo caminho. Gordura, por exemplo, gera mais resistência. Baseada nestas variáveis, a balança é capaz de medir sua gordura corporal.

A leitura é confiável?

A resposta simples e direta é não. A conceituada publicação Consumer Reports testou vários modelos e chegou à conclusão que os valores obtidos nas balanças deste tipo não são confiáveis. Mais do que isso, dependendo do quanto o corpo está hidratado no momento da medição, se a pessoa finalizou recentemente uma atividade física e até se os pés costumam suar, os resultados podem variar e não representar a verdade.

Vale comprar uma balança dessas?

Depende. Se você quer comprar para saber exatamente o seu índice de gordura corporal, não é o equipamento mais adequado.

Porém, se você mantiver um ritmo de medidas constante, fazendo suas pesagens sempre no mesmo horário (de manhã, por exemplo) e estando fisicamente em condições semelhantes (secando os pés, só para citar um caso) você vai poder acompanhar com alguma eficiência a mudança (esperamos que redução!) da sua gordura corporal conforme seus treinos vão ocorrendo, de acordo com o tempo. Aí sim, sendo um fator a mais de incentivo para você seguir adiante nos seus objetivos, pode considerar investir neste equipamento!

Compartilhar:
Tags:

Sobre body.mag

body.mag

Aqui na redação da body.mag somos loucos por pesquisar e transformar esse conhecimento em informação relevante para você. O nosso dia a dia também é corrido, mas nunca abrimos mão do bem-estar e qualidade de vida. É assim, com esse pensamento, que trabalhamos para transformar a vida das pessoas. Apesar de sermos antenados, sempre queremos ouvir as sugestões dos nossos leitores, afinal, a body.mag é feita para você!

  • Email

Adicionar comentário

Quer dar a sua opinião sobre a matéria, tirar uma dúvida ou colaborar com o tema? Envie seu comentário para a gente! Fique atento, pois os campos “Nome” e “E-mail” são obrigatórios (mas o seu e-mail não será publicado no comentário!).*