6 de abril de 2018
0
||||| 0 |||||
275

Crossfit Pode Mesmo Causar Lesões Graves?

@wavebreakmedia/Shutterstock

Praticado sem o devido acompanhamento, o Crossfit pode provocar traumas graves. O alerta é do ortopedista do Hospital Badim (RJ), Marcelo Kokis, que detectou o aumento de casos de cirurgias e lesões menores como tendinites, entorses e fraturas ocultas por estresse, entre os pacientes atendidos no setor.

“Ultimamente, tenho atendido muitos casos de lesão por conta do Crossfit, alguns muito sérios. Já fiz cirurgia reparadora em quatro pacientes, dois por fratura grave do tornozelo e dois por lesão do tendão do bíceps”, alerta o especialista.

A adesão à técnica deve-se principalmente pelo benefício da perda de peso, ganho muscular e condicionamento cardíaco, tendo em vista que o esporte mantém a frequência cardíaca elevada, além de agregar exercícios de explosão muscular. Portanto, é importante que o desportista busque a presença de um profissional habilitado e experiente.

“É necessário ainda que, antes de começar os treinos, o praticante consulte o seu cardiologista para liberação da atividade. Dentro da mesma concepção de cuidados preventivos, é recomendável iniciar os treinos de maneira progressiva, para criar condições físicas com o objetivo de suportar a alta demanda cardíaca e muscular”, alerta o médico.

De acordo com Marcelo Kokis, o esporte é mais indicado a pessoas de 16 aos 50 anos, dependendo do condicionamento físico. “Após essa idade, pode ser feito com a observação preventiva adequada”, afirma o ortopedista. Marcelo Kokis complementa acrescentando que o condicionamento físico é fundamental para a prática da atividade.

Quer saber mais sobre o Crossfit?

Clique aqui e conheça mais sobre esta atividade com o Tricampeão Brasileiro: Francisco Javier, o Chiquinho.

Compartilhar:
Tags:

Sobre Marcelo Kokis

Marcelo Kokis

Medico ortopedista, especialista em próteses.

  • Website
  • Email

Adicionar comentário

Quer dar a sua opinião sobre a matéria, tirar uma dúvida ou colaborar com o tema? Envie seu comentário para a gente! Fique atento, pois os campos “Nome” e “E-mail” são obrigatórios (mas o seu e-mail não será publicado no comentário!).*