8 de maio de 2018
0
||||| 0 |||||
52

Ballet Pilates Bebê à Bordo!

Dani Carreira

Os exercícios durante a gestação podem ajudar mulheres que desejam ter um parto normal desde que sejam aqueles que ajudam a melhorar a força, a consciência e o controle da musculatura do assoalho pélvico, que é o mais trabalhado durante o parto. Esses exercícios devem incluir a combinação de atividades aeróbias envolvendo grandes grupamentos musculares e atividades que desenvolvam a força de determinados músculos.

Criada para mamães que ainda estão carregando o bebê na barriga ou para aquelas que já estão com eles no colo e desejam voltar à boa forma, mas não podem se desvincular de seus bebês, a novidade surgiu da profissional de educação física Audrea Lara, pioneira em trazer a modalidade que mistura ballet com atividade física para o Brasil. Assista ao vídeo da aula no final da matéria.

Audrea viu a necessidade de recuperação da saúde física e emocional de mulheres no puerpério, que ainda na fase de amamentação precisam manter a saúde e o corpo delineado, mas que não podem fazer qualquer atividade. “Alguns exercícios estão proibidos nesta fase, que são aqueles que bloqueiam a respiração, por exemplo, os abdominais em decúbito dorsal, deitado de costas, e exercícios em decúbito ventral e posições invertidas“, comenta. Além disso, a gestante não deve se exercitar sozinha. “Por isso, a aula de Ballet Pilates Bebê a Bordo trabalha com n&u acute;mero limitadas de alunas para que todas possam alcançar a manutenção ou até perda de peso, fortalecimento das regiões mais enfraquecidas, manutenção e melhora da postura nesta fase de sobrecarga desta região“, explica.

Para isso, a aula utiliza os princípios do pilates com os movimentos adaptados da dança e promove a perda da gordura localizada principalmente na região abdominal.

“Trabalhamos com movimentos de redução do peso corporal, estímulo da capacidade de desempenhar atividades maternas graças aos movimentos aeróbicos e de força e aumento a densidade mineral associada à amamentação“
Audrea Lara

Para isso, a aula utiliza os princípios do pilates com os movimentos adaptados da dança e promove a perda da gordura localizada principalmente na região abdominal. “Trabalhamos com movimentos de redução do peso corporal, estímulo da capacidade de desempenhar atividades maternas graças aos movimentos aeróbicos e de força e aumento a densidade mineral associada à amamentação“, conta Audrea.

Os exercícios são feitos de maneira lúdica e mesclam ritmo, fluidez e muita segurança para que mamães e bebês aproveitem as aulas dinâmicas e eliminem até 600 calorias por hora. “O colorido das fitas, as bolas em dois tamanhos, elásticos e até os espelhos da sala, deixam as crianças envolvidas com a atividade e o mais legal é que elas ficam em contato direto com a mãe e presas com muita segurança pelo canguru, assim elas conseguem ter toda a mobilidade que precisam para fazer a aula“, fala a especialista.

As numerosas transformações físicas, as alterações hormonais em combinação com falta de descanso e a responsabilidade de cuidar de um recém-nascido, normalmente deixam que os sentimentos de ansiedade e depressão tomem conta das novas mamães.

“Por isso é tão essencial que elas tenham aquela hora do dia totalmente dedicada a elas mesmas, mas sem ter a preocupação de com quem o bebê vai ficar“
Audrea Lara

Assista o vídeo e veja mais sobre aula

Clique aqui e veja mais vídeos

Compartilhar:
Tags:

Sobre Audrea Lara

Audrea Lara

Formada pela USP, Audrea Lara foi certificada em pilates nos Estados Unidos pela professora Romana Krizanowska, herdeira direta de Joseph Pilates. Audrea participou de diversas pesquisas sobre nutrição, aprendizagem motora, ginástica postural e avaliação e condicionamento para adultos e pessoas da terceira idade. Ministra cursos sobre reestruturação corporal e participou, como co-autora, do livro “Enxaqueca, Alívio Para o Sofrimento”, no qual ensina a aliviar a dor por meio de exercícios que melhoram a postura.

  • Website
  • Instagram
  • Email

Adicionar comentário

Quer dar a sua opinião sobre a matéria, tirar uma dúvida ou colaborar com o tema? Envie seu comentário para a gente! Fique atento, pois os campos “Nome” e “E-mail” são obrigatórios (mas o seu e-mail não será publicado no comentário!).*