9 de maio de 2018
0
||||| 0 |||||
131

Carboidratos Bons x Ruins

@Nicoleta Ionescu/Shutterstock

Os carboidratos são parte essencial de uma dieta saudável, mas é importante saber que nem todos eles são iguais. Os três principais tipos de carboidratos são açúcares, amidos e fibras. Eles também podem ser classificados como ‘simples’ ou ‘complexos’ com base em sua composição química e com o que seu corpo faz com eles. Mas, como muitos alimentos contêm um ou mais tipos de carboidratos, ainda pode ser complicado entender o que é saudável para você e o que não é. Vamos tentar entender melhor?

Carboidratos ‘bons'

Os carboidratos complexos são considerados ‘bons’ por causa da cadeia mais longa de açúcares de que eles são feitos e que o corpo leva mais tempo para quebrar. Isso significa que você obterá quantidades mais baixas de açúcares liberadas a uma taxa mais consistente – em vez de picos e vales – para mantê-lo durante todo o dia. Os alimentos com carboidratos complexos também possuem mais vitaminas, fibras e minerais do que alimentos que contêm carboidratos mais simples, desde que você esteja escolhendo grãos inteiros ao invés de processados. Por exemplo, grãos integrais, como farinha de trigo integral, quinoa, arroz integral, cevada, milho e aveia, dentre outros, fornecem mais nutrientes do que grãos processados, como arroz branco e pães, macarrão e assados ​​feitos com farinha branca. Os carboidratos complexos com densidade nutritiva que fazem parte de uma dieta saudável e equilibrada incluem pães, alimentos feitos com farinha de trigo integral, arroz integral e selvagem, cevada, quinoa, batatas, milho, legumes, como feijão preto, grão de bico, lentilhas e outros.

Carboidratos 'ruins'

Os carboidratos simples não são necessariamente ruins – depende do alimento que você está ingerindo. Por exemplo, frutas e vegetais são excelentes fontes de vitaminas e minerais essenciais necessários para uma boa saúde, e naturalmente contêm carboidratos simples compostos de açúcares básicos. Mas frutas e vegetais são muito diferentes de outros alimentos na categoria ‘simples’ de carboidratos, como biscoitos e bolos com açúcares refinados. A fibra em frutas e vegetais muda a forma como o corpo processa seus açúcares e diminui sua digestão, tornando-os um pouco mais como carboidratos ‘bons’. Evite carboidratos simples como refrigerantes, doces, biscoitos e outras sobremesas, bebidas açucaradas como limonada ou chá gelado, bebidas energéticas e sorvete.

Portanto, ao tentar descobrir se uma fonte de carboidratos é boa ou ruim, lembre-se que quanto maior em açúcar o alimento é, e quanto menor em fibra, vitaminas e minerais, pior será essa fonte de carboidrato para você!

Compartilhar:
Tags:

Sobre Paula Castilho

Paula Castilho

Nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo. Especialista em Nutrição Clínica pelo GANEP Capacitada em Fitoterapia em Nutricosméticos. Diretora da Sabor Integral Consultoria em Nutrição.

  • Website
  • Instagram
  • Email

Adicionar comentário

Quer dar a sua opinião sobre a matéria, tirar uma dúvida ou colaborar com o tema? Envie seu comentário para a gente! Fique atento, pois os campos “Nome” e “E-mail” são obrigatórios (mas o seu e-mail não será publicado no comentário!).*